Foto: divulgação Ponte Preta.
Terrazza Panorâmico

Lateral-direito da Seleção Brasileira campeã mundial em 1994, nos Estados Unidos, Jorginho é o novo treinador do Coritiba. Jorge de Amorim Campos, 55 anos, assume a vaga que foi de Umberto Louzer até o sábado passado (21), quando o alviverde perdeu para o CRB, por 2 a 0, no estádio Couto Pereira, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Jorginho comandou, entre outros, Goiás, Figueirense, Ponte Preta, Ceará, Vasco e Flamengo. Em quase uma década de carreira, teve poucos resultados expressivos. O melhor aconteceu em 2013, quando chegou com a Ponte Preta ao vice-campeonato na Copa Sul-Americana. O campeão foi o Lanús, da Argentina.

Jorginho retornou à Ponte em fevereiro deste ano e foi dispensado em agosto, quando a equipe de Campinas estava em 8º lugar na Série B (agora, está em 11º). Segundo a imprensa campineira, a saída foi motivada por uma declaração considerada infeliz pela diretoria. Jorginho falou que o time bate na trave há 119 anos, referência ao fato de que o clube, fundado em 1900, nunca conquistou um título de primeira divisão.

O Coritiba está em 8º lugar na Série B, com 34 pontos em 23 rodadas, não vence há seis jogos e acumula quatro derrotas consecutivas. Jorginho estreia no próximo sábado (28), às 16h30, no Couto Pereira. O adversário é o América Mineiro, o 10º colocado, com 32.