Foto: Ana Paula Schreider / PT
Terrazza Panorâmico

Angelo Vanhoni é o novo presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT). Atual secretário da executiva estadual da sigla, o bancário que foi vereador (1989-1994), deputado estadual (1994-2007) e deputado federal (2007-2015) derrotou a vereadora Professora Josete, com 70,65% contra 29,35% dos votos, neste domingo (8) em Curitiba . A partir do dia 1º de janeiro, o eleito para o biênio 2020/2021 vai substituir o atual presidente André Machado.

Depois desta vitória, Vanhoni afirmou à CBN Curitiba que pretende uma aliança de partidos de esquerda para a eleição que vai apontar o próximo prefeito de Curitiba, em 2020.

Vanhoni não se coloca como candidato do PT à prefeitura de Curitiba. Ele concorreu ao cargo três vezes (1996, 2000 e 2004) e acredita que outro candidato já conhecido do eleitorado estará na disputa do ano que vem. Entre as opções, o ex-deputado estadual e federal Doutor Rosinha (candidato a governador em 2018), o deputado estadual Tadeu Veneri (candidato do PT à prefeitura em 2016) e a ex-vice-prefeita Mirian Gonçalves (eleita em 2012, na chapa encabeçada por Gustavo Fruet, do PDT).

Para Angelo Vanhoni, em nenhum momento a disputa no diretório municipal causou um racha.

Outro ponto abordado pelo presidente eleito do diretório municipal do PT foi a mobilização dos filiados.

Ainda este ano, o PT tem outros dois processos eleitorais internos: a convenção estadual, no dia 19 de outubro, em Curitiba; e a convenção nacional, entre os dias 22 e 24 de novembro, em São Paulo.