Foto: Divulgação
Terrazza Panorâmico

Um automóvel Fiat Uno com R$ 78 mil em débitos foi removido por agentes de trânsito na tarde desta quarta-feira (21/8), na Rua Lamenha Lins, no Centro.

O veículo estava com o licenciamento atrasado. A placa dianteira estava apagada e o motorista com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida desde 2017.

O que chama a atenção é que era um veículo de trabalho. O carro estava todo adesivado com o logotipo de uma empresa que presta serviços de internet.

No caso do Uno, as infrações foram: dirigir veículo com validade da CNH vencida há mais de trinta dias; Conduzir o veículo que não esteja registrado e devidamente licenciado; e Conduzir o veículo com qualquer uma das placas de identificação sem condições de legibilidade e visibilidade.

Após as autuações, o veículo foi guinchado e levado ao pátio da Superintendência de Trânsito (Setran), no bairro Portão.

Na última sexta-feira, outro veículo, modelo Kombi ano 2012, foi removido após a fiscalização de trânsito verificar que ele estava com o licenciamento atrasado.

A kombi tinha R$ 164 mil em débitos, com multas por direção acima do limite de velocidade estabelecido para a via, avanço de sinal vermelho e estacionamento irregular.

Entre esses carros, chamados de “grandes devedores” do trânsito, existe um campeão. O recordista é uma pequena caminhonete  modelo Ford Courier ano 2004/2005.

Este veículo tinha quase meio milhão de reais em multas. O valor exato da dívida era de R$ 438.595,14 em débitos atrasados. O veículo foi removido no mês de julho.

Repórter Fábio Buchmann