Foto: Reprodução/SMCS
Terrazza Panorâmico

Veículos sem licença para trabalhar em serviços de frete foram alvos de uma fiscalização da prefeitura de Curitiba. A ação conjunta foi deflagrada nesta terça (5) pela Superintendência de Trânsito (Setran), Urbanização de Curitiba S/A (Urbs) e Guarda Municipal.

De acordo com o diretor de fiscalização da Setran, Wagnelson de Oliveira, em 109 abordagens foram constatadas inúmeras irregularidades.

22 veículos foram removidos, com o apoio do serviço de guincho da Prefeitura. Entre os removidos estavam 21 motos e um táxi.

A maior parte dos veículos foi barrada por estar com o licenciamento atrasado. A ação foi na Praça Tiradentes, no Centro.

Para que o veículo seja apreendido ele precisa estar irregular. Quando o motorista não tem autorização para atuar com frete ele é autuado. Este foi o foco da fiscalização, mas as autuações por este motivo podem ocorrer em toda blitz.

A Praça Tiradentes foi escolhida para a ação pois o local concentra muitos veículos que ofertam o serviço de motofrete.

Na Urbs existem atualmente cerca de 3.000 motofretes cadastrados. O cadastro pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 16h30, na Rodoferroviária. A ficha de cadastro pode ser impressa antecipadamente pela internet e preenchida pelo interessado. A relação de documentos está no site www.urbs.curitiba.pr.gov.br.

Repórter Lucian Pichetti