Foto: William Bittar

Nesta quarta-feira (27) o Brasil tem uma verdadeira decisão contra a seleção da Sérvia na busca por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo na Rússia, e quem aguarda ansiosamente essa partida são os vendedores.

Camisas, vuvuzelas, bandeiras, chapéus, tanto nas ruas, quanto nas lojas de artigos de festa, são as preferências de quem quer aproveitar o clima da Copa e acredita que a seleção brasileira estará na próxima fase do mundial.

A Fátima é vendedora ambulante e confessa que antes da Copa as vendas estavam melhores, mas acredita que se o Brasil chegar as oitavas de final, as pessoas vão procurar os produtos novamente. Ela aproveitou também para criticar um pouco a seleção comandada por Tite.

Em uma loja de artigos para festas, as vendas estão melhores. Leni de Souza revela que as empresas procuram bastante os materiais da seleção brasileira para entrar no clima da Copa.

Uma pesquisa recente realizada nas capitais brasileiras pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) projeta que cerca de 60 milhões de consumidores brasileiros devem gastar com produtos ou serviços relacionados à Copa do Mundo. Segundo o estudo, os jogos do Mundial devem movimentar cerca de R$ 20,3 bilhões nos setores de comércio e serviços em todo o país.

Repórter William Bittar

Deixe uma mensagem