Foto: Ana Krüger

O trabalho começou cedo nesta quarta feira (21) na Câmara Municipal de Curitiba mas para os funcionários responsáveis pela conservação do Palácio Rio Branco. Às 7h os trabalhadores começaram a recolher o lixo que ficou para trás após a manifestação desta terça feira.

Flores brancas deixadas pelos servidores se misturavam com cascas de banana e de mexerica nos jardins em frente à Câmara. Parte das grades que cercaram o palácio ainda estava montada na manhã desta quarta. Cerca de dez policiais militares estavam de prontidão na base das escadarias da Casa, mas, com as sessões plenárias suspensas, o clima era de tranquilidade.

Do lado de dentro da Câmara, a mesa executiva se reunia para discutir a repercussão das manifestações contra o Plano de Recuperação. O vereador do PSD, Bruno Pessuti, que é o primeiro secretário da Câmara, lamentou o episódio.

Apesar da suspensão das sessões, a Câmara funciona normalmente nesta quarta. Segundo o parlamentar, o legislativo municipal tem a função de defender os interesses de toda a cidade e não apenas dos servidores.

Diante da afirmação do vereador de que os manifestantes urinaram dentro do plenário da Casa, Rafael Furtado, diretor do Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba, argumentou que os servidores só puderam acessar os banheiros da Câmara após várias horas de ocupação.

Depois que o plenário foi desocupado pelos manifestantes, o Palácio Rio Branco passou por uma vistoria. O procedimento foi feito pelo gerenciador da Câmara e foi acompanhado pelos seguranças da Casa, pela Polícia Militar, e por integrantes dos sindicatos que representam os servidores municipais.

Adriana Kalckmann é coordenadora de assuntos jurídicos do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais Curitiba e acompanhou a vistoria. Segundo ela, as servidoras tiveram sim que urinar em uma lixeira do plenário da Casa, mas que, logo que o acesso aos banheiros foi autorizado, o material foi devidamente descartado. A situação não precisou nem ser citada na vistoria feita pela Câmara.

A reunião da mesa executiva da Câmara continua na tarde desta quarta feira e reúne o presidente da Casa, Serginho do Posto, o primeiro e segundo vice-presidentes, Tico Kuzma e Toninho da Farmácia, e ainda os quatro secretários, Bruno Pessuti, Mauro Ignacio, Julieta Reis e Cristiano Santos.

Repórter Ana Krüger

Deixe uma mensagem