Foto: Ricardo Marajó/FAS

Cidades da região metropolitana de Curitiba que declarem estado de emergência ou de calamidade pública, poderão receber doações da Fundação de Ação Social (FAS) que são arrecadadas pelo Disque-Solidariedade. Essa é a proposta de um projeto de lei aprovado em primeiro turno na Câmara Municipal de Curitiba (CMC), nesta segunda-feira (12).

A proposição do Executivo pretende alterar o artigo 4º da lei municipal 15.348/2018, que regulamentou o Disque-Solidariedade, no ano passado.

De acordo com a proposta, “excepcionalmente poderão ser destinados itens para outros municípios da Região Metropolitana de Curitiba, que estejam em estado de emergência e/ou calamidade pública, mediante solicitação e contendo a comprovação de tal situação, cuja doação será efetivada por termo de doação e desde que não haja comprometimento em relação ao atendimento do público atendido pela Fundação de Ação Social – FAS”.

O projeto será votado em segundo turno nesta terça-feira (12) e, se aprovado novamente, será encaminhado para a sanção do prefeito.

Repórter William Bittar