Foto: Ricardo Marajó/FAS
Terrazza Panorâmico

Cidades da região metropolitana de Curitiba que declarem estado de emergência ou de calamidade pública, poderão receber doações da Fundação de Ação Social (FAS) que são arrecadadas pelo Disque-Solidariedade. Essa é a proposta de um projeto de lei aprovado em primeiro turno na Câmara Municipal de Curitiba (CMC), nesta segunda-feira (12).

A proposição do Executivo pretende alterar o artigo 4º da lei municipal 15.348/2018, que regulamentou o Disque-Solidariedade, no ano passado.

De acordo com a proposta, “excepcionalmente poderão ser destinados itens para outros municípios da Região Metropolitana de Curitiba, que estejam em estado de emergência e/ou calamidade pública, mediante solicitação e contendo a comprovação de tal situação, cuja doação será efetivada por termo de doação e desde que não haja comprometimento em relação ao atendimento do público atendido pela Fundação de Ação Social – FAS”.

O projeto será votado em segundo turno nesta terça-feira (12) e, se aprovado novamente, será encaminhado para a sanção do prefeito.

Repórter William Bittar