Foto: Reprodução / Facebook
Terrazza Panorâmico

Morreu nesta quinta-feira (3), em Curitiba, o radialista, jornalista e ex-deputado estadual Ricardo Chab (na foto, à esquerda), proprietário da Rádio Mais, de São José dos Pinhais, na qual apresentava um programa jornalístico matinal. Paranaense, de Santa Isabel do Ivaí, Chab, de 61 anos, sofreu um infarto e estava internado desde domingo (29), na UTI do Hospital Marcelino Champagnat.

Popular, desde os anos 1980, quando trabalhou como repórter policial na TV Iguaçu e na Rádio Cidade, Chab foi eleito três vezes deputado: duas pelo PTB (1990 e 1998) e uma pelo PMDB (1994). No segundo mandato, propôs a criação do Serviço de Investigações sobre Crianças Desaparecidas no Paraná (Sicride), que funciona desde 1995.

Fora da política, Ricardo Chab foi preso em abril de 2008, sob acusação de extorsão contra a Centronic, uma empresa de segurança. O ex-deputado teria pedido dinheiro para não citar em programas de rádio e televisão a empresa, que teve vigilantes envolvidos na morte o estudante Bruno Strobel, de 19 anos, filho do jornalista Vinícius Coelho. Pouco dias após a prisão, Chab obteve liberação graças a um habeas corpus.   

O velório acontece nesta sexta (4), a partir de 8h, no Cemitério Parque Iguaçu, local também do sepultamento, às 16h.